Avenida 85, n.º 1940, Salas 201/202/203 - Setor Marista, Goiânia - GO, 74160-010
  • (62) 3241-9929

RAIS: estoque de empregos formais foi 48,7 milhões em 2021

DATA: 22/11/2022

A Relação Anual de Informações Sociais (RAIS) , de 2021, foi divulgada na última sexta-feira (18), pelo Ministério do Trabalho e Previdência, e revelou que, ao todo, foram 8.472.949 estabelecimentos que declararam a RAIS no ano passado, um aumento de 3,37% em relação a 2020. 

De acordo com os dados divulgados, o estoque de emprego formal identificado no país no dia 31 de dezembro de 2021 foi de 48.728.871 vínculos empregatícios ativos, sendo 82,6% dos vínculos celetistas e 17,4%, dos estatutários. 

A expansão em relação ao ano de 2020 foi de 2.492.695 vínculos - crescimento de 5,39% em relação ao ano anterior.

Avaliando o perfil geral dos empregados, jovens de até 29 anos de idade representaram 27,3% do estoque de vínculos ativos no ano. A maior parte dos vínculos foi de trabalhadores com ensino médio completo (51,5%) e mulheres representaram 44,2% dos vínculos, enquanto os homens, 55,8%. 

O crescimento foi verificado em todas as regiões do país, com destaque para o Nordeste (7,92%) e Norte (6,30%). Entre os estados, os maiores crescimentos relativos do estoque ocorreram em Tocantins (10,92%) e no Amazonas (10,40%).

Segundo a RAIS, todos os setores apresentaram variação positiva, com destaque para a Construção Civil, que apresentou a maior variação relativa (9,55%), seguido pela Indústria (5,82%). 

O setor de serviços apresentou o maior estoque do ano, com 27.414.659 vínculos, percentual 5,07% maior que em 2020. O comércio vem logo a seguir com 9.454.656 vínculos, 5,15% de variação positiva.

Com informações do Ministério do Trabalho e Previdência

Compartilhar: